sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Cardápio especial com nutrientes antirraiva

Está de mal com a vida? Abra a geladeira, mulher! Prepare-se para espantar uma porção de sentimentos negativos

Publicado em 24/01/2013
Reportagem: Giuliana Cury e Angela Senra / Edição: MdeMulher
Prepare-se para espantar uma porção de sentimentos negativos sem gastar dinheiro nem tempo extra: basta que escolha os alimentos certos
Foto: Getty Images

Você já deve ter ouvido a expressão “Cara feia, para mim, é fome”. Pois a sabedoria popular tem lá suas razões. Pesquisas comprovaram que sentir o estômago oco deixa qualquer uma de nós irritada, de mal com a vida, impaciente. E que, assim que ingerimos certos alimentos, nosso humor muda. Até água com açúcar funciona para quem está nervoso. “Tranquiliza, porque o açúcar facilita o transporte de serotonina, substância responsável pela sensação de bem-estar”, explica a nutróloga Regina Mestre Amengual. De fato, esse poder dos alimentos sobre as emoções vem de quando ainda éramos bebês, lembram os especialistas. Só voltávamos à calma depois de amamentadas. Essa relação tem sua raiz em dois órgãos do organismo: o cérebro e o intestino. “A produção dos neurotransmissores ligados ao prazer (como a endorfina e a serotonina) ocorrem, principalmente, nessas áreas”, explica a nutricionista Cynthia Antonaccio. “Por isso, é fundamental escolher um cardápio rico nos nutrientes envolvidos na fabricação e liberação dessas substâncias.” Então, da próxima vez que estiver se sentindo péssima, respire fundo e... faça uma boquinha.
Cardápio anti-irritação
Tem: alface, couve, iogurte, amêndoas, nozes, castanha- do-Pará, atum, verduras de folhas amargas e chás digestivos.
A alface deve estar no seu prato nos dias de fúria. Segundo a nutricionista Sonia Philippi, da Universidade de São Paulo, essa folha possui em seu talo alta concentração de lactucina, substância que age como calmante e diminui a irritação causada pelo stress. Você pode acrescentar à salada amêndoas, nozes ou castanha-do-pará e acompanhá-la com um belo filé de atum temperado com alho. Esses alimentos possuem grande concentração de selênio. Estudos mostraram que a deficiência desse mineral pode estar associada à irritação. Durante a tarde, procure beber um iogurte e experimente comer um pouco de couve no jantar. Pesquisas mostraram que o cálcio (presente nos laticínios e nessa folha) ajuda a controlar e reduzir o nervosismo. Outra ação para controlar a raiva é cuidar do equilíbrio do fígado. “Para isso, evite o cigarro, o consumo excessivo de bebida alcoólica, de sal, de gordura, de açúcar refinado e de corantes”, ensina Cynthia. Você também precisa se policiar para não ficar muito tempo sem comer. “Procure se alimentar a cada três horas para não correr o risco de ter uma crise de hipoglicemia, que é quando a taxa de glicose no sangue fica abaixo do normal, deixando qualquer um agressivo”, explica a nutróloga Regina.
 

Exagerou? Vitaminas desintoxicantes!

Da Redação26/12/2013

Sim, feriado já é gostoso... A gente faz o que dá na telha, não é mesmo? Mas depois, ficamos uns dias lembrando dos abusos cometidos na alimentação inadequada. “Como se trata de uma época de festa, as pessoas acabam perdendo a noção dos horários das refeições. Muitas vezes estão longe de casa e acabam saindo da dieta por conta do feriado, dessa forma, estressam o organismo”, comenta Lara Natacci, nutricionista e diretora da Dietnet Assessoria Nutricional, em São Paulo.

As dicas para manter o bem-estar, mesmo nos feriados prolongados, são as mesmas que ouvimos sempre (mas que pouca gente faz): “Beber pelo menos 2 litros de água por dia, praticar atividade física, evitar alimentos industrializados e comer de 3 em 3 horas”, diz a especialista. Ela ainda lembra que é essencial consumir de 3 a 4 porções de frutas e, pelo menos, a mesma quantidade de vegetais ao dia. “Fibras também devem fazer parte da ingestão dietética diária para assegurar um bom funcionamento intestinal”.

Exagerou? Não se preocupe!

A nutricionista selecionou algumas receitas de sucos desintoxicantes para que você se recupere. Aproveite! Lembrando que todos os sucos devem ser ingeridos logo depois do preparo para manter as características nutricionais das receitas.

Suco desintoxicante
2 laranjas
1 banana
 ½ maçã
1 folha grande de couve 

Esprema as laranjas. No liquidificador, bata seu suco com os outros ingredientes.

Suco digestivo
1 maçã
2 fatias de abacaxi
1 xícara (chá) de água
1 colher (sopa) de aveia ou quinua-real
1 lasca de gengibre

Bata tudo no liquidificador.

Suco para desinchar
1 fatia de melão
5 morangos
200 ml de água de coco
Folhas de hortelã
1 colher (chá) de grãos de chia

Bata tudo no liquidificador.

Suco para desinchar e diminuir a pressão arterial
1 copo de leite desnatado
1 banana-prata
1 colher (sopa) de quinua em flocos

Bata no liquidificador.

Dica: “Essa é uma vitamina rica em cálcio, magnésio e potássio, antagonistas do sódio!”, diz Lara Natacci.

Suco funcional (rico em antioxidantes)
1 flaconete de clorofila ou 1 folha grande de couve, sem o talo do meio
2 laranjas (espremidas)
1 maçã pequena
1 colher (sopa) de linhaça triturada
1 pedacinho de gengibre (cerca de 1 dedo)

Complete com cubos de gelo ou água gelada para bater no liquidificador.

Suco eliminador de toxinas
1 pires (chá) de folhas de agrião 
1 colher (chá) de mel com própolis
1 copo de chá-verde preparado com a erva e refrigerado
½ maçã
1 pêssego

Bata tudo no liquidificador.

“Alguns fitoquímicos, substâncias presentes nos alimentos, auxiliam o organismo a eliminar as substâncias tóxicas. Abaixo, apresento uma lista deles para que você crie seu suco e refresque-se com saúde”, sugere Lara.

Fitoquímico
Alimentos que contém
Isotiocianatos
Brássicas (brócolis, couve, couve-flor, couve-de-bruxelas, agrião, mostarda, nabo, rabanete, repolho, rúcula)
Organossulfetos
Brássicas
Flavonoides
Alho e cebola, própolis
Polifenóis
Chá-verde, preto e café
Compostos fenólicos
Frutas e legumes, como maçã e tomate; café, condimentos
Carotenoides
Batata-doce, cenoura, pêssego, tomate, melancia, espinafre, abóbora
Clorofila
Vegetais verdes
Terpenoides
Frutas cítricas, condimentos, alecrim

Caprichos Femininos: O que salva os meus cabelos

Caprichos Femininos: O que salva os meus cabelos: Esse produto foi um verdadeiro achado, agora as cacheadas da casa só usam ele. Deixa os cabelos com brilho e aspecto molhado. Gostei bast...